Paulo Freire: como o legado do educador brasileiro é visto no exterior

Tratada pelo governo Bolsonaro como bode expiatório da má qualidade do ensino público brasileiro, a obra do educador Paulo Freire (1921-1997) pode ser controversa. Mas o trabalho do pedagogo e filósofo, nomeado em 2012 patrono da educação brasileira e autor de um método de alfabetização que completou 50 anos em 2013, não deixa de ser bastante relevante nas discussões mundiais sobre pedagogia.

Artigo disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-46830942

Você pode gostar...

Deixe uma resposta