Docentes da UFABC aprovam a participação na Greve Geral de 14 de junho de 2019.

Caros Colegas,

A Assembleia dos docentes da UFABC aprovou, ontem, por unanimidade, a participação na greve geral do dia 14 de junho, com as pautas: em defesa da previdência e da educação pública.

Além disso, tomamos as seguintes deliberações:

1) Será convocada uma reunião aberta do comitê de mobilização, formado na assembleia anterior a essa, para encaminhar a preparação da nossa participação no dia 14 de junho, incluindo marcar ponto de encontro, providências materiais de identificação, organizar saída e panfletagens no ABC e outras medidas. Essa reunião será amplamente divulgada em breve.

2) A ADUFABC vai procurar as demais Associações Docentes do estado e outras entidades, frentes, centrais sindicais e movimentos para potencializar a mobilização e o impacto do dia 14 de junho.

3) A ADUFABC vai intensificar sua estratégia de comunicação em defesa da educação, particularmente contra os cortes, e em defesa dos direitos, em especial da previdência pública. Isso será feito tanto com geração de conteúdo quanto com uma campanha visual nos campi e nas redes sociais. Já nesse espírito, encaminhamos em anexo imagens que podem ser veiculadas no Instagram e demais redes sociais e usadas como foto de capa no facebook. Reforçamos que o sucesso das mobilizações anteriores – de 15 e 30 de maio – dependeu, muito, do engajamento de cada um, o que gera um efeito enorme sobre as redes sociais e sobre a disposição individual de engajamento.

4) A ADUFABC fará e/ou apoiará aulas públicas como atividade de mobilização em defesa da universidade. A primeira delas será a atividade de encerramento da semana de Políticas Públicas “Verdades e mentiras no financiamento da Educação” no dia 13 de junho, que vamos encampar como atividade preparatória para a paralisação do dia 14 de junho. Isso também será amplamente divulgado.

5) Por fim, a ADUFABC vai procurar a atual reitoria e os conselhos superiores para transmitir a preocupação da assembleia dos docentes com a gravidade da situação, o profundo impacto dos cortes – de orçamento e bolsas – e, diante disso, da necessidade da direção da universidade procurar não só transmitir de forma clara a situação, como engajar a comunidade tanto nas decisões estratégicas sobre os cortes quanto na defesa da universidade, com iniciativas do tipo UFABC aberta e outras.

Em resumo, é isso. Qualquer dúvida, sugestão e consideração, é só escrever para mim ou qualquer outro membro da diretoria.

Para mais informações, sigam a ADUFABC nas redes sociais:

Nosso site: https://www.adufabc.org.br/
Nosso Facebook: https://www.facebook.com/adufabc/
Nosso Instagram: https://www.instagram.com/adufabc/?hl=pt-br

A situação, como discutimos na assembleia, é muito grave. Os atuais cortes precisam ser revertidos o quanto antes. Para isso, precisaremos de muita estratégia, unidade, organização e mobilização. Cada um de nós será decisivo nessa luta. Vamos juntos!

Lembrando que sexta-feira agora tem festa de início de quadrimestre no Parada Obrigatória, em Santo André, porque a unidade e a mobilização se constróem na prática.

Saudações da luta em defesa da universidade,

Maria Caramez Carlotto
ADUFABC

Você pode gostar...

Deixe uma resposta