Colegas docentes

Como deliberado em assembleia, ontem paralisamos nossas atividades normais para discutir os impactos do cenário atual sobre a universidade, o ensino público e o país, em especial à luz do Projeto de Emenda Constitucional 241 (a chamada PEC 241) atualmente em votação no Congresso.
 
A paralisação de ontem obteve uma adesão indiscutivelmente expressiva de docentes, técnicos administrativos e estudantes. Pouquíssimas atividades didáticas regulares foram registradas nos dois campi da UFABC e todos os eventos promovidos no dia contaram com grande público.
 
As aulas públicas realizadas trouxeram diversas análises a respeito da atual crise brasileira, da PEC 241, das medidas de reforma do ensino, em especial em nível médio, dentre outros temas correlatos. 
Uma audiência pública com a participação do Pró-Reitor de Planejamento tratou do orçamento da UFABC para 2017 e das consequências da PEC 241 para os anos seguintes. Uma plenária de estudantes, docentes e servidores técnico-administrativos, não deliberativa, propôs questões relevantes a serem discutidas por cada categoria em suas respectivas assembleias.
Enfim, um dia intenso que atingiu seu objetivo: trazer informações aprofundadas sobre o cenário atual, promover o debate e a reflexão sobre temas sensíveis para a nossa universidade e para o país, e sensibilizar a comunidade universitária para a gravidade do momento, configurando um primeiro passo nessa importante luta contra uma das mais graves ameaças ao pacto social e ao projeto de país previsto na Constituição de 1988.
 
Informações mais detalhadas sobre o dia de ontem vocês receberão no nosso próximo boletim informativo.
 
Diretoria da ADUFABC-SSIND

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *