A ANFOPE considera um retrocesso o programa FUTURE-SE (Programa Institutos e Universidades Empreendedoras e Inovadoras) apresentado pelo MEC e, nesse sentido, lança um dossiê sobre o programa.

A ANFOPE considera um retrocesso o programa FUTURE-SE (Programa Institutos e Universidades Empreendedoras e Inovadoras) apresentado pelo MEC e, nesse sentido, divulga o dossiê organizado pelas professoras Celi Nelza Zülke Taffarel e Erica Cordeiro Cruz Sousa, ambas da Faculdade de Educação da UFBA.

O DOSSIÊ tem o objetivo de ampliar o debate sobre o programa e contribuir para a construção da unidade em defesa da Educação pública e o combate às políticas que retiram direitos dos trabalhadores, penalizam a população mais empobrecida e ameaçam a democracia e a soberania nacional.

O Dossiê traz além da íntegra do Projeto de Lei do FUTURE-SE, alguns textos legais importantes e cujo cumprimento estão ameaçados pelo desmonte em curso das políticas educacionais, como o Plano Nacional de Educação (PNE), instituído pela Lei 13.005/2014 – seguida da análise das suas 20 metas, constantes da página do Ministério da Educação – e a Resolução 2/2015 que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores.

O Dossiê agrega relevantes textos de professores pesquisadores (Eudes Baima; Renato Dagnino, Wagner Romão e Rogério Bezerra; Roberto Leher) com análises críticas ao FUTURE-SE, a que se segue artigo do Prof. Luiz Dourado, sobre as DCNs da Formação, atualmente em discussão no Conselho Nacional de Educação (CNE).

Mais informações e o dossiê em: http://www.anfope.org.br/nao-ao-desmonte-a-privatizacao-e-…/

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *